segunda-feira, 8 de março de 2010

Dia Internacional da Mulher - 100 anos

.

"Neste dia, do ano de 1857, as operárias têxteis de uma fábrica de Nova Iorque entraram em greve, ocupando a fábrica, para reivindicarem a redução de um horário de mais de 16 horas por dia para 10 horas. Estas operárias que, nas suas 16 horas, recebiam menos de um terço do salário dos homens, foram fechadas na fábrica onde, entretanto, se declarara um incêndio, e cerca de 130 mulheres morreram queimadas. Em 1910, numa conferência internacional de mulheres realizada na Dinamarca, foi decidido, em homenagem àquelas mulheres, comemorar o 8 de Março como "Dia Internacional da Mulher". De então para cá o movimento a favor da emancipação da mulher tem tomado forma, tanto em Portugal como no resto do mundo."



.

4 comentários:

JMV disse...

Uma postagem sóbria e bonita.
um beijinho

Everton Domingues disse...

Que este centenário se torne um milenio. E q as mulheres de real valor sejam valorizadas não somente neste oito de março. Afinal, vcs mulheres são a mais doce inspiração em nossas vidas. Sejam mães, amigas, irmãs de fé, companheiras, divas... exemplos! Vcs cativam a todos nós homens pelo coração.
Bj enorme cheio de carinho em seu coração.

Everton

PS.: No www.vancouverolimpica.blogspot.com deixei uma singela homenagem a todas as campeãs da vida!

Raul Martins disse...

E brindemos pelas mulheres!

Pelas que lutam
por um mundo melhor;
Pelas que ainda trabalham
de sol a sol
por esse mundo fora;
Pelas mulhres que não se calam
perante as injustiças;
Pelas mulheres que dão a vida pelos seus filhos;
Pelas mulheres que sofrem em silêncio as amarguras da vida;
Pelas mulheres das nossas vidas: MULHER-MÃE-ESPOSA-AMIGA-COMPANHEIRA-IRMÃ-CONFIDENTE-LUZ-APOIO-SORRISO-ABRAÇO-FLOR...

Paulo Lopes disse...

Um dia - todos os dias - por celebrar.
As causas que são também princípios não podem, não deviam, cingir-se, comprimidas em manifestações, atenções, deliberações, intenções a... uma data. Mas entende-se que assim seja.

Um dia por todos os dias, presente.
Na imagem de uma cultura distante mas partilhada, quero ver uma chamada de atenção para os sistemas politico/religiosos que intencionalmente desvalorizam e rebaixam o Género feminino.

A foto apropriada e ilustrativa, de cores quentes, características, puxadas para a primeira impressão do olhar
de quem observa a foto. Sei que é intenção e não ocasional...

Junto o meu ao brinde do Raul.

Beijo,

*