quarta-feira, 25 de agosto de 2010

.

Adoro-te
num
momento
chamado
sempre



.

2 comentários:

ParadoXos disse...

adorar assim... é ter na mente tanto amor... eternamente!

que privilégio de quem recebe!

:-)

belo pensamento, breve mas muito profundo!

beijinhos do Hedu

José Manuel Vilhena disse...

...acertadíssimo...!
:)