sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Heróina Silenciosa

.

"Josefa, 21 anos, a viver com a mãe. Estudante de Engenharia Biomédica, trabalhadora de supermercado em part-time e bombeira voluntária. Acumulava trabalhos e não cargos - e essa pode ser uma primeira explicação para a não conhecermos. Afinal, um jovem daqueles que frequentamos nas revistas de consultório, arranja forma de chamar os holofotes. Se é futebolista, pinta o cabelo de cores impossíveis; se é cantora, mostra o futebolista com quem namora; e se quer ser mesmo importante, é mandatário de juventude. Não entra é na cabeça de uma jovem dispersar-se em ninharias acumuladas: um curso no Porto, caixeirinha em Santa Maria da Feira e bombeira de Verão. Daí não a conhecermos, à Josefa. Chegava-lhe, talvez, que um colega mais experiente dissesse dela: "Ela era das poucas pessoas com que um gajo sabia que podia contar nas piores alturas." Enfim, 15 minutos de fama só se ocorresse um azar... Aconteceu: anteontem, Josefa morreu em Monte Mêda, Gondomar, cercada das chamas dos outros que foi apagar de graça. A morte de uma jovem é sempre uma coisa tão enorme para os seus que, evidentemente, nem trato aqui. Interessa-me, na Josefa, relevar o que ela nos disse: que há miúdos de 21 anos que são estudantes e trabalhadores e bombeiros, sem nós sabermos. Como é possível, nos dias comuns e não de tragédia, não ouvirmos falar das Josefas que são o sal da nossa terra?"


Por Ferreira Fernandes, Diário de Notícias
(retirado do facebook)




A minha sincera homenagem a todos os bombeiros que diariamente prestam serviço á comunidade a troco de nada.
Para estes heróis silenciosos, um grande bem-hajam.



.

3 comentários:

Miguel disse...

Estes são os verdadeiros heróis, levados por sonhos que raramente chegamos a descobrir ou mesmo a compreender, como essa "mania" de arriscar a vida de graça e longe dos holofotes de uma fama instantânea e despida de valores. Lamentando a perda de uma vida, deixo também eu uma palavra de encorajamento e o meu obrigado a todos estes heróis silenciosos. Que não tenhamos de ouvir tão depressa os seus nomes. Não por motivos como este.

Dano Rodriguez disse...

Esto es una oración por Josefa.
Hoy por hoy algunos jóvenes sienten que su vida significa poco o nada.
Mientras que unos hacen que la vida de nadie a su alrededor valga nada, otros como Josefa juegan su vida a todo o nada en busca de un sentido

Viviana disse...

Olá Margarida

Obrigada!

Muito obrigada.

Por esta linda homenagem á jovem Josefa Santos.

Também publiquei este texto do José Manuel Fernandes, no meu cantinho.

Um beijo

viviana