segunda-feira, 14 de junho de 2010

Algures

.


.

8 comentários:

Salva disse...

Semplicemente una bellissima immagine.

Questo é quello che tra l'altro mi piace del vostro paese.
Antichi monumenti e case, ma molto curate e mantenute che testimoniano tempi passati.

Bacio,
Salva

Remus disse...

Uma casa à Porto só pode ser bonita. ;-) Mas ter um candeeiro daqueles na esquina da casa é um verdadeiro luxo.
Gostei!

Viviana disse...

Olá Margarida

Que lindinha esta casa!

Parece das de Óbidos.

Gosto muio deste tipo de casa.

Espero que não venham a desaparecer.

Desejo-lhe um bom entardecer

Um beijo

viviana

Margarida Fernandes disse...

Tem razão, Viviana.

Esta fotografia foi tirada em Óbidos.

Beijinhos.

Hellag disse...

realço a lus, as sombras, a cor, linda :)

AndreM disse...

Era o que eu ia dizer... é uma das janelas mais conhecidas de Óbidos... mas está aqui o espírito de todas as terras antigas e 'conservadas' deste Portugal...
Um abraço
AndréM.

Gosto do nome do blog... é o de um excelente livro

Marlene Maravilha disse...

Trouxe a memória as janelas da casa da minha família em Sao Joao da Pesqueira!!!
A foto é digna de um poema!
beijos

Paulo Lopes disse...

Estas cores só me fazem lembrar o Alentejo. Mas acho que cada qual tira as ilações que merece.
Aos olhos de cada um, uma realidade diferente, será um justo elogio à qualidade da fotografia. Neste caso mais uma verdadeira casa à portuguesa e não uma ilha qualquer, limitada, descaracterizada, fria, galega....
Apesar de ter sentido o clique da Nikon que fixou o momento e de ter participado no tratamento da foto, recuso-me a atribuir-lhe uma localização geográfica, como tendo alguma coisa a ver com a qualidade final, comentável. O facto de ser uma janela de Óbidos passa ao largo da entidade nova, apátrida, criada pela fotografia que fala por si em cor, luz e enquadramento. Quanto nesta foto são os olhos da fotógrafa... Belíssima (e a foto também...) ;-))

BJ
.