sexta-feira, 30 de julho de 2010

Sem palavras

.



António Feio
1954 - 2010


.

4 comentários:

Hugo de Macedo disse...

Bela homenagem, Margarida.

Não há mesmo necessidade de qualquer palavra.

Marlene Maravilha disse...

Perder alguém a quem queremos bem, é sempre triste!
Aguardo tua visitinha!
beijo e um fds abencoado!

BRANCAMAR disse...

Jà comentei nos Terraços de um Anjo e aqui digo o mesmo que tu, porque são poucas as palavras para uma luta tão positiva e com tão grande alma. Só conheci um caso assim, relativamente mais anónimo e são seres com uma força capaz de nos fazer repensar a vida, seres que morrem de pé, apesar de todas as batalhas.
Beijinhos
Branca

. intemporal . disse...

.

. a.penas,,, muito.obrigado .

.

. a.n.t.ó.n.i.o. .

.

. na certa certeza deste até já .

.

.

.

.

.

.

.

. paulo .

.